O que determina o Fracasso e o Sucesso, eles podem andar juntos?

Tempo de leitura: 1 minuto

Seria o fracasso  um bom companheiro para o sucesso? 

Talvez você veja com ironia essa nossa pergunta, mas o fato é que muitas pessoas têm se permitido viver uma vida de fracasso ao invés de fazer de um fracasso temporário uma aprendizagem para o sucesso.

Às vezes, quando somos apresentados ao fracasso, ou quando de fato experimentamos, na pele, a dor de fracassar, ficamos timidamente inseguros e com uma vontade de realmente fracassar. Isso faz parte da natureza humana.

No entanto, isso não significa dizer que devemos ser escravos do fracasso. Uma atitude mais assertiva seria reconhecer  o fracasso como uma experiência positiva, ainda que isso nos tenha causado tristeza e dissabores. somos mais habilitados a não desistir de nossos sonhos. 

Há quem afirme que as pessoas se acostumaram a falar do fracasso como algo negativo. Talvez a ideia seja lutar contra o fracasso como se ele nunca existisse. Isso é tolice. Não há ninguém nesta vida que não tenha experimentado um momento de fracasso. A diferença é que alguns se acostumam ao fracasso e outros aprendem com o fracasso.

E o mais intrigante é que uma grande parte de pessoas estimula a ideia do fracasso em público. Há muitas pessoas que consciente ou inconscientemente desejam o fracasso. Não, repito. Não estou sendo irônico!

Assim, compreenda que você não deve ignorar o fracasso. Mas também não pode exaltá-lo a ponto de deixar que ele lhe conduza. É importante reconhecer o fracasso mas não ser vítima do fracasso.